Blog

Evite a recepção dos prédios com Key Access


Apesar da epidemia de COVID-19 no Brasil ainda não estar controlada, muitos estabelecimentos já estão retomando suas atividades econômicas e todo cuidado é pouco quando falamos no combate ao novo coronavírus, principalmente em ambientes com circulação diária de pessoas. Ao fazer um recorte no cenário atual de edifícios comerciais, empreendimentos e condomínios, encontramos um ambiente propício ao contágio, a começar por um local muito visitado: as recepções.

O padrão atual pode ser considerado uma área crítica, inicialmente pela necessária interação com uma recepcionista. Apesar de todas as recomendações da OMS sobre o uso de máscara e a prática do distanciamento social para que o contato com gotículas de saliva seja evitado, ainda assim existe o risco de contágio, até mesmo pela própria respiração em ambientes fechados, com baixa circulação de ar, máscaras úmidas e trocadas de maneira incorreta, toques no rosto, etc.

As recepções também são pontos de aglomerações de pessoas, principalmente nos horários de entrada, almoço e saída. A lentidão no processo de cadastro promove a formação de filas, favorecendo a disseminação do vírus. Após se identificar e oferecer seus dados pessoais, o visitante geralmente recebe um cartão de acesso para utilizar nos bloqueios do prédio. Esse é outro vetor de contágio, pois trata-se de um objeto manuseado por várias pessoas ao longo do dia, que encosta em muitas superfícies durante a visita e precisa ser constantemente higienizado.

Para combatermos a disseminação do novo coronavírus, algumas práticas precisam ser aplicadas na recepção, como o distanciamento social de, no mínimo, um metro e meio entre as pessoas na fila, a higienização dos cartões de acesso com álcool em gel a cada manuseio e até mesmo a proteção do balcão da recepção, com a instalação de protetores de acrílico que isolem a recepcionista dos visitantes, por exemplo. Todavia, o cenário ideal e mais seguro seria evitar ao máximo o contato com esses locais.

Se todo esse processo fosse automatizado, o risco de contágio seria menor, não é mesmo? Agora isso é possível com o sistema Key Access, que utiliza a tecnologia na prevenção da COVID-19.  Por um processo totalmente digital, os visitantes realizam seu web check-in por um convite enviado diretamente no seu smartphone, sem a necessidade de enfrentar recepções, filas, burocracias e cartões. Após concordar com os termos de uso e privacidade e realizar um rápido cadastro, um QR Code é gerado diretamente na tela do celular, dando acesso aos bloqueios do prédio, de acordo com as permissões dadas pelo anfitrião.

Quer saber como tornar seu empreendimento “touchless”?  Acesse: www.keyaccess.com.br

Artigos relacionados

Duis autem vel eum iriure dolor in hendrerit in vulputate velit esse consequat vel illumdol

VER TODOS
Desafios da pandemia: a e-Vertical apresenta tendências touchless em tempo recorde para o mercado de automação predial
LEIA MAIS
Edifício e-Tower passa a ter controle de acesso digital com o Key Access
LEIA MAIS
Edifício Parque da Cidade adere ao Sistema de Monitoramento de Temperatura Corporal para a prevenção do novo coronavírus
LEIA MAIS

2021 © e-Vertical Todos os Direitos Reservados.

Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Privacidade para saber mais.