Blog

Por que as empresas passaram a investir mais em prevenção e detecção de incêndios | Portal PATISEG


Por Lucas Moura, diretor de crescimento da e-vertical, especializada em automação, manutenção e instalação de sistemas e operação de segurança eletrônica para o mercado corporativo

As notificações de incêndios estruturais apresentaram aumento em 2020. É o que revela o levantamento do Instituto Sprinkler Brasil, organização sem fins lucrativos que tem como missão difundir o uso de sistemas de prevenção e combate a incêndios em instalações industriais e comerciais no país. Por meio do monitoramento diário de notícias de incêndios no Brasil, o Instituto conseguiu capturar 1244 ocorrências de incêndios estruturais de janeiro a dezembro do último ano, representando alta de 43,7% ante 2019, quando foram registradas 866 notícias.

Investir somente em bons equipamentos de prevenção e sistemas de alarmes de detecção de incêndio não é suficiente para criar o nível ideal de proteção necessária na indústria e em empreendimentos de grande porte. Uma das principais causas de incêndios e da incapacidade de controlá-los está justamente na falta de manutenção dos equipamentos destinados a essa finalidade.

O investimento em manutenção se torna muito menor quando comparado aos possíveis danos causados por um incêndio. Mais que demandar reformas estruturais, os prejuízos podem implicar em meses de perda de produtividade e até mesmo em complicações judiciais, afetando a reputação da empresa. Isso sem falar no fator humano, já que a demora na identificação de um incêndio pode provocar danos irreparáveis à saúde das pessoas.

Sendo assim, a forma mais eficaz de evitar incidentes com fogo em ambientes de alta complexidade, como empresas e indústrias, é instalar um sistema de prevenção e detecção de incêndios. A tecnologia é fundamental na prevenção de incidentes e é uma aliada do fator tempo, determinante para separar o início do sinistro e o seu agravamento.

Planejamento e execução

A instalação de um Sistema de Detecção e Alarme de Incêndio (SDAI) garante que, ao menor sinal de fumaça, os responsáveis sejam comunicados para que os procedimentos de evacuação e combate possam ser realizados a tempo.

Um SDAI é composto por equipamentos e dispositivos, como a Central de Detecção e Alarme de Incêndio, que recebe as informações de detecção da fumaça gerada pelo incêndio em sua fase inicial e aciona os sinalizadores audiovisuais, detectores de fumaça, entre outros.

Vantagens para o seu negócio ao instalar um SDAI

– Proteção da vida dos usuários do empreendimento

– Proteção patrimonial contra sinistros

– Redução de custos com seguro patrimonial

– Adequação às normas

– Atração de locatários para o edifício

– Adequação do empreendimento às necessidades dos protocolos UL/SN e N54

“Contratar uma empresa especializada é determinante para que seu empreendimento esteja protegido. Fique atento se o fornecedor cumpre a norma obrigatória NBRISSO7240 e garante que o SDAI esteja adequado à apólice emitida pela seguradora do seu empreendimento”, finaliza Lucas Moura, diretor de desenvolvimento da e-Vertical.

Clique aqui para ler a matéria original 


Artigos relacionados

Duis autem vel eum iriure dolor in hendrerit in vulputate velit esse consequat vel illumdol

VER TODOS
Web check-in é tendência contra covid-19 no atual modelo de segurança das empresas | Portal IP News
LEIA MAIS
Web check-in é tendência contra covid-19 no atual modelo de segurança das empresas | Guia do CFTV
LEIA MAIS
Empresas passaram a investir mais em prevenção de incêndios | Empresas & Negócios
LEIA MAIS

2021 © e-Vertical Todos os Direitos Reservados.

Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Privacidade para saber mais.