Blog

Dia Mundial da Terra: conscientização sobre os processos dos edifícios e seus impactos ambientais


O Dia da Terra é comemorado hoje, 22 de abril, no mundo todo e a data foi criada em 1970, por meio de um protesto liderado pelo americano Gaylord Nelson, ativista ambiental e senador. Na época ele liderou um grande movimento com passeatas e discursos que alertavam sobre as questões ambientais (poluição, desmatamento, efeito estufa) e a importância da conservação dos recursos naturais, cada vez mais escassos.

A data foi implementada pela ONU quase quatro décadas após o movimento, em 2009 e promove a reflexão sobre a importância do planeta e o desenvolvimento de uma consciência ambiental. Hoje sabemos que os recursos do planeta são finitos e devem ser explorados de maneira sustentável, portanto essa é uma oportunidade de falarmos sobre como os edifícios podem colaborar em seus processos para reduzir a emissão de CO2 e conter o desperdício de água e energia, tornando-se mais ecológico.

O setor imobiliário e de construção civil é um dos maiores responsáveis pela emissão de CO2 e precisa reduzir sua pegada de carbono para contribuir nesse cenário. A pegada de carbono de um edifício é medida em kg CO2eq, isto é, a quantidade expressa em quilo equivalente de gás carbônico dos principais gases de efeito estufa (metano, óxido nitroso, etc) incluindo o CO2, que por si só contribui com quase 40% do efeito estufa. A aplicação, a partir de 01/01/2021 do novo regulamento ambiental RE2020 destinado a reduzir o impacto de carbono dos edifícios novos e a seguir melhorando seu desempenho energético irá transformar significativamente a situação.

Olhando-se o tema de mudança do clima, a automação predial cumpre um papel fundamental possibilitando em primeiro lugar a medição dos gastos energéticos do empreendimento (afinal, o que não se mede, não se controla). Em segundo lugar, automatiza os processos para o uso mais eficiente dos recursos energéticos (reprogramação horária, controle por ocupação, reaproveitamento de ar externo, só para citar alguns exemplos) e em terceiro lugar, gera alertas de eventuais problemas em equipamentos e processos prediais que possam impactar em desperdício energético. A Operação BMS tem importante papel em identificar a oportunidade de criação de novos e melhores alertas, além de automações e smart bots complementares a automação local.

Com a consciência de assumir seu papel como empresa parceira na Jornada Carbono Zero, gerando impacto positivo por meio de seus produtos e serviços, a e-Vertical contribui com os diversos segmentos de Real Estate, dentre eles edifícios comerciais, empresas, Data Centers, galpões logísticos, shoppings, hospitais, hotéis, etc. Ao desenharmos nossos projetos, queremos entender não só o impacto que geramos, mas também como podemos traçar metas junto aos clientes para a redução da emissão de CO2, considerado fundamental no combate às mudanças climáticas.

Para conhecer mais nossos produtos e serviços que contribuem para gerar menor impacto no meio ambiente, acesse nosso site: www.evertical.com.br

Artigos relacionados

Duis autem vel eum iriure dolor in hendrerit in vulputate velit esse consequat vel illumdol

VER TODOS
Dia Mundial da Energia: como o sistema BMS pode tornar seu empreendimento mais sustentável
LEIA MAIS
Como a automação predial pode ser uma grande aliada do seu Data Center
LEIA MAIS
Smart Buildings: quando automação predial e inteligência artificial caminham juntas
LEIA MAIS

2021 © e-Vertical Todos os Direitos Reservados.

Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Privacidade para saber mais.